Organograma

 

Estrutura organizacional básica: 

I - Conselhos de Direção Superior:

  1. a) Conselho Estadual do Meio Ambiente – CEMA;
  2. b) Conselho Estadual de Recursos Hídricos – CERH; e
  3. c) Presidência.

II - Órgãos de Assessoramento:

  1. a) Gabinete do Presidente;
  2. b) Assessoria Especial Técnica;
  3. c) Controle Interno
  4. d) Núcleo de Contrato, Convênios e Projetos;
  5. e) Autoridade Julgadora
  6. f) Núcleo de Conciliação Ambiental;
  7. g) ASCOM;
  8. h) Comissão Permanente de Licitação e Pregoeiro; 

III - Órgãos de Execução

  1. a) Diretoria Administrativa e Financeira:
  2. Divisão de Contabilidade.
  3. Divisão de Orçamento e Finanças;
  4. Divisão de Recursos Humanos;
  5. Divisão de Administrativa; 
  6. Centro de Informática;
  7. b) Diretoria de Monitoramento e Controle Ambiental:
  8. Divisão de Fiscalização Ambiental;
  9. Divisão de Mudanças Climáticas e Prevenção a Queimadas;
  10. Divisão de Monitoramento e Controle Ambiental;
  11. Divisão de Educação Ambiental; 
  12. c) Diretoria de Gestão Florestal:
  13. Divisão de Controle Florestal;
  14. Divisão de Unidade de Conservação;
  15. Divisão de Reflorestamento e Crédito Florestal;
  16. d) Diretoria de Licenciamento e Gestão Ambiental:
  17. Divisão de Licenciamento Ambiental; 
  18. Divisão de Aquicultura e Gestão de Fauna;
  19. Divisão de Uso do Solo e Agricultura Familiar; e
  20. Divisão de Licenciamento Ambiental e Infraestrutura, Indústria e    Serviços;
  21. e) Diretoria de Recursos Hídricos:
  22. Divisão de Gestão e Planejamento de Recursos Hídricos; 
  23. Divisão de Segurança de Barragens; e
  24. Divisão de Outorga.