Femarh e Defesa Civil finalizam testes para contratação de Brigadistas

A Femarh (Fundação Estadual do meio Ambiente e Recursos Hídricos) o Corpo de Bombeiros Militar e a Defesa Civil encerraram hoje, dia 23, a segunda etapa do edital 001 de 2020 para a contratação de brigadistas de combate a incêndios florestais em Roraima. Esta segunda etapa consiste no TAF (teste de aptidão física), de caráter eliminatório e determinará os candidatos que serão contratados para a temporada 2020/2021, e que integrarão as brigadas de combate aos incêndios florestais nos municípios de Roraima.

A primeira etapa do certame aconteceu entre os dias 20 e 30 de setembro e foram referentes às análises da documentação e efetivação das inscrições. Este processo aconteceu nos municípios de Boa Vista, Pacaraima,  Bonfim, Normandia, Mucajai, Iracema, Caracaraí, Rorainópolis, São Luiz, São João e Caroebe. |Os testes de aptidão física foram comandados por militares da Defesa Civil e Analistas da Femarh.  

Os testes iniciaram com a caminhada com bomba costal contendo cerca de 30 litros de água. Nessa prova, os candidatos a brigadistas devem caminhar dois mil e quatrocentos metros no tempo máximo trinta minutos. Esta prova é de caráter eliminatório. A segunda prova são exercícios abdominais. As exigências do edital relacionam o sexo e a idade dos candidatos para o número de flexões.

Por fim há as  flexões de braço e a corrida de 12 minutos, onde será aferida a distância percorrida por cada concorrente dentro do limite de tempo. Ambas de caráter classificatório.

Segundo o presidente da Femarh, Ionilson Sampaio, o Governo de Roraima em ação coordenada entra as três instituições, Femarh, Bombeiros e Defesa Civil, está se preparando para o período de seca no estado e desta forma evitar a ação das queimadas no nosso estado.

Ao final deste processo os aprovados no processo seletivo devem aguardar a chamada pelo Governo do Estado para assinar o contrato de admissão nas brigadas de combate aos incêndios florestais ,e, dessa forma evitar os grandes desastres ambientais em decorrência das queimadas que ocorrem todos os anos na estação das secas.