BAIXO RIO BRANCO: LANCHA VAI REFORÇAR A FISCALIZAÇÃO DE CRIMES AMBIENTAIS

Uma lancha adquirida pelo Governo do Estado vai reforçar as ações de monitoramento e fiscalização de crimes ambientais no Baixo Rio Branco, levando mais tranquilidade aos pescadores da região. O governador Antonio Denarium anunciou a aquisição da unidade nesta sexta-feira, 23, durante reunião com a Feparr (Federação dos Pescadores do Estado de Roraima).

Denarium falou que o Governo está investindo mais na fiscalização ambiental para garantir a segurança na reprodução de peixes durante a piracema, a existência de tartarugas na localidade, além da pesca esportiva que gera emprego e renda aos moradores.

“Estamos investindo em monitoramento e fiscalização mais efetivos no Baixo Rio Branco porque lá é uma região com um ecossistema muito rico com grandes variedades de peixes, quelônios, entre outros. Além disso, no período da piracema precisamos proteger a reprodução dos peixes para que não falte para o alimento nem para a pesca esportiva”, observou.

O barco tem capacidade para 15 pessoas, banheiro, além de poder realizar viagens longas devido ao tanque de 350 litros e a estrutura que permite levar mais combustível para realizar o abastecimento no trajeto. O investimento foi de cerca de R$ 250 mil, oriundos de compensação ambiental.

“A lancha foi adquirida com recursos de compensação ambiental com as empresas de energia que foram licenciadas. Por ser uma atividade de alta poluição atmosférica, eles tem que compensar pagando recursos para o órgão ambiental. Nesse caso para o Governo do Estado através da Femarh [Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos])”, explicou o diretor de Monitoramento e Controle Ambiental, Glicério Fernandes.

A lancha também poderá ser utilizada para outras atividades governamentais, como monitoramento da qualidade das águas dos rios de Roraima, combate ao garimpo ilegal, tráfico de peixes ornamentais e extrativismo ilegal.

Outras utilidades da unidade serão a fiscalização intensiva nas calhas dos rios Branco, Uraricoera e Mucajaí; transporte de brigadistas e bombeiros para combater incêndios florestais nas margens dos rios; apoio logístico às fiscalizações com as equipes das forças de segurança estaduais e federais.

Mais investimento no setor pesqueiro

O governador também anunciou o fomento do setor com a compra de 80 unidades de kits de pesca compostos por barcos, motores rabeta, malhadores e caixas de isopor para atender todos os pescadores do Baixo Rio Branco em Caracaraí e Rorainópolis. Os recursos foram garantidos pelo senador da República Mecias de Jesus no valor de R$ 2,7 milhões.

Rafael Pinheiro, presidente da Fedarr, agradeceu a atenção do Governo do Estado ao setor pesqueiro de todos os municípios. “Quero agradecer ao governador por escutar a categoria dos pescadores que está aqui representada pela maioria das entidades para execução de políticas públicas direcionadas ao pescador artesanal”, salientou.

Rosi Martins